Twitter Facebook

CUT GO > CRONOLOGIA DE LUTAS

CRONOLOGIA DE LUTAS

CONGRESSOS

Em março de 1983, realizou-se o III Encontro Estadual das Classes Trabalhadoras de Goiás – III ENCLAT-GO, com a participação de 554 trabalhadores, entre urbanos e rurais.

No encontro, foi eleita a comissão Pró-CUT de Goiás, composta por sete trabalhadores rurais e oito urbanos, entre eles: Nativo da Natividade (trabalhador rural de Carmo do Rio Verde), Hamilton Pereira da Silva (escritor) e Delúbio Soares (professor).

 Bandeiras de luta:
- Problemática de saúde e educação;

- Reforma agrária e problemas dos trabalhadores rurais;

- Desemprego e Condições de vida e trabalho;

- Questões sindicais e Organização dos trabalhadores;

- Central Única dos Trabalhadores.
 

Março de 1984 – Nasce a CUT/Goiás
Primeira reunião: 29 de março de 1984, no CPG

Presidente: Delúbio Soares de Castro.




Primeiro Congresso Estadual – I CECUTDélubio Soares é eleito presidente
Agosto de 1985, no básico da UCG

 Bandeiras de luta:

- Reforma agrária sob o controle dos trabalhadores;

- 40 horas semanais;

- Reajuste trimestral dos salários;

- Salário desemprego;

- Constituinte livre e soberana;

- As questões do pacto social;

- Estrutura sindical;

- Lei de greve.
 




Presidente Délubio Soares é reeleitoSegundo Congresso Estadual – II CECUT
Junho de 1986, no auditório da Faculdade de Direito UFG


Bandeiras de luta:

- Reforma agrária e violência no campo;

- Nova estrutura sindical;

- Alteração dos estatutos da CUT.
 




Terceiro Congresso Estadual – III CECUT “Sebastião Rosa da Paz”
Agosto de 1987

Bandeiras de luta:

- Dívida externa - salário, emprego e recessão;

- Campanha nacional de luta – Mobilizações populares e a luta dos trabalhadores;

- Nossa concepção de Central Sindical;

Presidente: Délubio Soares



 

Osmar Magalhães é eleito presidente da CUT/GoiásQuarto Congresso Estadual - IV CECUT
Agosto de 1988
– Ginásio da UCG

Temário:

- O movimento político nacional e as tarefas gerais da CUT;

- As tarefas da CUT em Goiás: 

-  A estrutura da CUT.
 




 

Eleição de Sandra Rodrigues CabralQuinto Congresso Estadual – V CECUT
Agosto de 1990, no Centro de Treinamento de Líderes – CTL em Goiânia

Bandeiras de luta:

- Extinção do imposto sindical;

- Contrato coletivo nacionalmente articulado;

- Combate aos pelegos, os reformistas e o sindicalismo de resultados;

- Organização e funcionamento da CUT.
 



 

Sexto CongPresidenta Sandra Cabral permanece no cargo resso Estadual – VI CECUT
Junho de 19
91, no CTL – Goiânia
Participaram 241 delegados(as) de 46 entidades urbanas e rurais.

Bandeiras de luta:

- Plano verão e greve geral;

- Eleições presidenciais;

- O governo Collor e a resistência dos trabalhadores.







Presidente Otacílio Alves Teixeira
Sétimo Congresso Estadual – VII CECUT
Abril de 1994 – Câmara Municipal Goiânia

Participaram 174 delegados(as) entre trabalhadores urbanos e rurais.

Bandeiras de luta:

- As mudanças no processo produtivo e o impacto sobre os(as) trabalhadores(as);

- A importância das eleições 94 para o movimento sindical;

- Balanço e ação da CUT/Goiás




 

Eleito presidente José Antonio de Oliveira

Oitavo Congresso Estadual 
VIII CECUT - “ Júlio César Pereira”
Julho de 1997


Participaram 116 delegados(as) representando mais de cem mil trabalhadores sindicalizados em 13 entidades de trabalhadores rurais e urbanos.

Propostas aprovadas no VIII CECUT:

- Estruturação da CUT/GO com carro e sede própria;

- Ampliação e divulgação da CUT/GO;

- Negociação com entidades inadimplentes;

- Incentivar a participação nos conselhos.




Nono Congresso Estadual – IX CECUT
Julho de 2000 -  Clube di Roma - Goiânia

Eleito presidente Ailton Gilberto Costa

Algumas propostas aprovadas no IX CECUT:

 Ratificar as bandeiras e reivindicações da nona Plenária Nacional:

- Geração de Emprego para todos com apoio ao crescimento econômico;

- Redução da jornada de trabalho sem redução de salários;

- Não às demissões imotivadas, pela ratificação das Convenções 158 e 111 da OIT;

- Não à fusão de empresas com demissões e corte nos direitos dos trabalhadores;

- Combate a miséria, com adoção do programa de renda mínima e ampliação do seguro desemprego e das verbas para qualificação profissional;

- Pela revogação de todas as medidas do governo que precarizam as relações de trabalho;

- Não ao corte dos direitos previdenciários. Em defesa da Previdência Pública;

- Fim das privatizações;

- Reforma Agrária e apoio à produção agrícola, em especial à agricultura familiar;

- Resgate do sistema público de saúde e educação;

- Resgate da dignidade do servidor público e defesa dos serviços públicos. Pela revogação do Plano Gestão de Pessoal;

- Ampliação do controle social sobre os serviços públicos;

- Defesa da autonomia universitária;

- Combate a corrupção em todos os níveis.


Ailton Gilberto Costa é reeleito

Décimo Congresso Estadual – X CECUT


Maio de 2003 -  Câmara Municipal de Goiânia
 
Pauta debatida:

- Papel da CUT frente ao Governo Lula;

- Reformas em curso -  tributária, fiscal, previdência, agrária e Reforma sindical e trabalhista;

- Emprego e renda;

- Papel do Estado e Políticas Públicas;

- Relações com as Centrais sindicais, confederações e federações;

- Relações com outros setores da sociedade;

- Relações Internacionais.




Décimo Primeiro Congresso Estadual – XI CECUT
Maio de 2006 -  Clube di Roma -  Goiânia - GO


Principais itens do plano de lutas aprovado:

- Fortalecer a luta pelo limite máximo da propriedade rural;

- Fortalecer a luta pelo banimento dos transgênicos do país;

- Fortalecer a luta pelo controle popular das águas brasileiras;

- Ffim do assédio sexual ; fim das tercerizações;

- CPI das privatizações;

- Maior participação da CUT aos trabalhadores privados.




Décimo Segundo Congresso Estadual – XII CECUT

Maio de 2009 - Câmara Municipal de Goiânia - GO

Eleição de Bia de Lima

Nesse congresso a CUT/Goiás apresentou os  eixos de atuação estratégica da Central para próximo período:

1) Enfrentamento da crise, organizando a transição para um modelo de desenvolvimento com a defesa imediata dos empregos, da renda e dos direitos e a consolidação de um Estado democrático;

2) Atualização e fortalecimento do projeto sindical cutista, com ampliação da base de representação da CUT para disputa de hegemonia.

 

13º Encontro Estadual da CUT-GO (CECUT)

Aconteceu em junho de 2012, no Auditório Jaime Câmara da Câmara Municipal de Goiânia e reconduziu à presidência da Central Única dos Trabalhadores no Estado de Goiás (CUT-GO), a professora Bia de Lima, da direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego).

Neste congresso estabeleceu-se que os principais eixos de ação da CUT-GO para esta gestão seriam:

1) Defender o Estado democrático e o desenvolvimento sustentável;

2) Cobrar a realização da Reforma Política;

3) Ser protagonista na defesa dos direitos da classe trabalhadora.

 

14º Encontro Estadual da CUT-GO (CECUT)

Realizado nos dias 26 e 27 de junho de 2015 no Auditório Jaime Câmara da Câmara Municipal de Goiânia, elegeu para a presidência da CUT-GO o odontólogo e ex-deputado estadual pelo PT Mauro Rubem de Menezes Jonas. Mauro Rubem é um dos fundadores do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde (Sindsaúde).

Estabeleceu-se que os principais eixos de ação da CUT-GO para esta gestão serão:

1) Defender e aprofundar o projeto político vencedor nas urnas, o qual reelegeu a presidenta Dilma Rousseff para o Palácio do Planalto, garantindo a continuidade e o fortalecimento de uma sociedade democrática, o que implica em desenvolvimento sustentável com distribuição de renda, inclusão social e geração de emprego de qualidade;

2) Trabalhar para diminuir as desigualdades sociais, ampliando a cidadania com a criação de novos direitos e democratizando os espaços de definição e a gestão de políticas públicas;

3) A luta pela democratização dos meios de comunicação será prioritária.

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT
Parceria CUT-GO e Banco do Brasil

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE GOIÁS
Rua Setenta, 661 – Qd. 127, Lt. 71| Centro | CEP 74055-120 | Goiânia | GO
Fone: (55 62) 3224.0169 | www.cut-go.org.br | e-mail: cutgo1@gmail.com